A segurança ocular no local de trabalho é simples como a-b-c

 

Conscientização, conformidade e produtos de segurança corretos podem trabalhar juntos para evitar  ferimentos na região dos olhos, no local de trabalho. 

 

Erica Osley, Uvex by Honeywell e Christine L. Mello, Produtos, Honeywell  

Adaptado por Flávio Assis, gerente de produtos da linha ocular e facial, Honeywell Produtos de Segurança América Latina 

 

A cada dia, aproximadamente 2.000 trabalhadores nos EUA sofrem ferimentos nos olhos relacionados ao trabalho que exigem tratamento médico, segundo o Instituto Nacional de Segurança e Saúde Ocupacional dos Estados Unidos (NIOSH). Além disso, um terço desses ferimentos carecem de atendimento emergêncial em hospitais, sendo que 100 casos resultam em um ou mais dias de trabalho perdidos. Segundo relatórios da Previdência Social, em 2010 foram relatados 4,7 mil traumatismos no olho e na órbita ocular.

Considerando a quantidade de ferimentos por dia, os custos dos cuidados médicos ou as horas de produção perdidas, os números relativos aos ferimentos nos olhos devido ao trabalho podem ser avassaladores. Mas o que é mais revelador, segundo o órgão de Prevenção da Cegueira na América, que lidera as organizações voluntárias de saúde e segurança visual do país, 90% desses ferimentos — 1.800 por dia — poderiam ter sido evitados se o trabalhador usasse a proteção visual correta. 

É responsabilidade de todos numa empresa avaliar os riscos à segurança dos olhos no local de trabalho e tomar medidas para garantir a segurança através do cumprimento da legislação sobre proteção visual e locais emergenciais para enxágue dos olhos em caso de acidentes. Isso significa que as próprias empresas são responsáveis por compreender as normas vigentes e recomendações da  American National Standards Institute” (ANSI), fabricantes e demais entidades envolvidas, e por garantir que todos os colaboradores da empresa tenham o conhecimento e os recursos para agir de acordo com as normas e boas práticas de segurança na indústria.

Os gerentes de segurança no trabalho devem compreender as exigências específicas de segurança para seu local de trabalho — seja no caso de risco devido a produtos químicos, poeira, radiação Ultra-Violeta ou outros. Uma vez identificados os riscos, é essencial determinar quais produtos se adaptam às necessidades do trabalhador que atua em tais ambientes diariamente. Isso inclui o fornecimento de óculos de segurança para garantir o mais alto nível de proteção contra ferimentos e a instalação de locais emergenciais para enxágue dos olhos em caso de acidente.  Prevenir ferimentos nos olhos pode ajudar o trabalhador a evitar danos ou perda visual e as empresas a conter perdas de produtividade e problemas legais e financeiros. Dado o enorme potencial de prevenção, há algo mais a considerar: aproximadamente 50% dos trabalhadores não cumprem as exigências e boas práticas da ANSI, fabricantes e demais entidades envolvidas no tema.

 

O cenário por trás dos números

O não cumprimento das normas de proteção visual e de segurança de enxágue emergencial dos olhos é um problema grave nas empresas, resultando em ferimentos ao trabalhador e em horas de produção perdidas. De fato, segundo o órgão de estatística laboral dos EUA, os ferimentos nos olhos causam 37.000 dias de trabalho perdidos e mais de $ 300 milhões de dólares por ano em custos relacionados. Juntamente com as multas, decisões judiciais e custos de treinamento para interinos, essa cifra chega a mais de $900 milhões de dólares. As empresas devem assumir a responsabilidade de tomar conhecimento das exigências, instalar o equipamento necessário e treinar adequadamente os gerentes e demais trabalhadores.

Tomar as medidas apropriadas para garantir a conformidade antes de ocorrer um acidente é o primeiro passo para proteger a saúde visual do trabalhador.

 

 

Seleção da proteção visual adequada ao trabalho

 

 stealth aplicação

 É essencial que as empresas estabeleçam políticas de segurança eficazes com base nas exigências legais e nas necessidades específicas de proteção visual no local de trabalho. Inicialmente, o supervisor ou especialista em Segurança deve conduzir uma análise e avaliação dos riscos na área de trabalho, nas aplicações de trabalho, nas vias de acesso e nas máquinas. Deve ocorrer também a verificação de qualquer relatório anterior sobre acidentes/ferimentos nos olhos. Testes visuais devem fazer parte do programa de Segurança da empresa, pois deficiências visuais contribuem para ferimentos. 

 A proteção visual escolhida para ambientes de trabalho específicos  depende da natureza e grau do risco potencial, das circunstâncias da exposição e de outros fatores pessoais e laborais. A norma ANSI Z87.1-2003 possui uma tabela de seleção para ajudar a empresa a escolher a proteção visual e facial para aplicações específicas. Esta proteção visual e facial é geralmente de três tipos: óculos ampla-visão, óculos de segurança ou protetores faciais. Óculos de segurança são a forma mais comum de proteção. Possuem proteção lateral e resistem a impactos de até 45,7 m por segundo. Depois, existem óculos ampla-visão, que formam um selo protetor em torno dos olhos. Há dois tipos básicos de óculos ampla-visão; contra impactos e contra substâncias químicas. Óculos ampla visão contra substâncias químicas possuem vias ventilação coberta ou indireta, que protege o trabalhador de respingos químicos. Óculos ampla visão contra impactos possuem orifícios de ventilação diretos e protegem contra impactos diretos ou partículas grandes. Além disso, há protetores faciais usados em trabalhos de solda, esmerilhamento ou lixamento. Entretanto,  protetores faciais são considerados proteção secundária e devem ser usados em conjunto com óculos de segurança ou óculos ampla visão.

Impactos e respingos, como mencionado acima, são provavelmente o primeiro tipo de risco que vem à mente ao avaliar a necessidade de óculos de segurança, mas não são os únicos riscos a serem levados em conta. Deve ser considerada também proteção contra a radiação invisível. Onde o trabalhador estiver exposto à luminosidade nociva, radiação ultravioleta ou infravermelha, são essenciais lentes coloridas ou filtros especiais. As lentes coloridas também melhoram a percepção visual, agindo contra as distorções da luz e evitando a fadiga dos olhos.

Uma vez selecionados os tipos de óculos de segurança e a tonalidade das lentes, há ainda outros fatores a considerar. Os óculos de segurança escolhidos devem cumprir a norma ANSI Z87 e devem ter CA. Devem proporcionar cobertura adequada e se adaptar a cada  trabalhador correta e confortavelmente. Ao escolher óculos de segurança ajustáveis, por exemplo, o empregador garante maior conforto para o trabalhador que tem de usar óculos de segurança confortáveis por mais tempo. É importante, também, que os óculos proporcionem algum nível de estilo para aumentar a aceitação por parte do trabalhador.

 

Tome decisões de segurança com base em informação

Para o trabalhador que sofre ferimentos nos olhos, não há compensação financeira para a perda da visão ou para as dores e o sofrimento associado a eles. No que se refere a aspectos legais e financeiros, os custos do litígio, cuidados médicos e resolução podem pesar muito na reputação da empresa, satisfação dos seus trabalhadores e no fluxo de caixa.

Descumprir as regras e boas práticas da ANSI em relação à segurança no local de trabalho é violar a lei. As empresas devem se informar sobre os prós e contras dos tipos de óculos de segurança e das unidades emergenciais para enxágue dos olhos. É fundamental que o empregador reserve um tempo para avaliar os riscos à segurança dos olhos em sua fábrica, determinando o equipamento necessários e fornecendo aos empregados produtos e treinamentos que possibilitem um local de trabalho seguro.

Um ambiente de trabalho seguro deve ser uma das principais prioridades para qualquer empregador. Trabalhando juntamente com os fabricantes, distribuidores e demais empresas envolvidas no tema, e confiando nas informações, diretrizes e recursos destes órgãos, o empregador pode ser mais proativo ao garantir a segurança de seu local de trabalho e evitar os custosos ferimentos nos olhos. Em caso de dúvidas, há serviços de consultoria para as empresas que desejam realizar auditorias certificadas de segurança e muitos fabricantes possuem uma equipe de vendas treinada para ajudar na auditoria. Com as informações, recursos e produtos disponíveis, a segurança dos olhos no local de trabalho pode ser realmente tão simples como a-b-c.

 

 

Para fazer o download do arquivo, clique aqui. 

 

Back to your search

Honeywell Segurança Industrial

Avenida Tamboré, 267 – 17 andar, Barueri, SP

CEP: 06460-000

(11) 4507-0505

Marketing.his@Honeywell.com