Excesso de Atenuação também é Perigoso

Por: Renee S. Bessette, Gestora de Marketing Honeywell para Proteção Auditiva

Adaptado por: Flávio Assis, Gerente de Produtos – Proteção Auditiva, Cabeça, Ocular e Facial – Honeywell Produtos de Segurança América Latina

Excesso de Atenuação_2  

Introdução

Os protetores auditivos são os únicos entre os equipamentos de proteção individual que ao proteger nossa saúde nos tornam parcialmente surdos. Isto pode levar a complicações não encaradas com outros equipamentos de proteção, chamadas de superproteção. Os riscos de superproteção são muito reais, e as consequências podem ser catastróficas. Um colaborador que não pode ouvir o sinal de alarme de um caminhão ou de uma peça de um equipamento pesado se movimentando pode estar em sério perigo.

As consequências são comuns e problemáticas. Os colaboradores que não podem ouvir enquanto trabalham provavelmente cometerão mais equívocos que aqueles que podem se comunicar naturalmente com seus supervisores e colegas de trabalho. Além disso, estudos demonstraram que os colaboradores que não podem se comunicar claramente ou efetivamente com seus colegas tendem a sentir-se mais isolados no trabalho e provavelmente estarão menos felizes e serão menos produtivos.

Reconhecer Superproteção

Então, o que é superproteção? Como não há regras sólidas e rápidas, qualquer proteção que reduz níveis de ruído muito abaixo de 85 dB (máxima exposição diária permissível de 8h, conforme NR-15) que interfere com a comunicação, pode ser considerado como superproteção. Por exemplo, utilizar adequadamente um plugue com NRRsf = 19dB para se proteger contra níveis de ruído de 85 dB, claramente se qualifica como superproteção. É preciso também ter em mente que colaboradores que já possuem algum grau de perda auditiva serão mais suscetíveis à superproteção. O protetor auditivo ideal leva os níveis de ruído perigosos a um limite administrável de 70-85dB.

 

Sinais de Alerta da Superproteção e Métodos de Diagnóstico

Excesso de Atenuação_Tabela (4)

  

 

 

Proteja-se contra a Superproteção

Para se proteger contra a superproteção, recomendamos seguir os passos abaixo:

 Excesso de Atenuação também é Perigoso_Imagem 1

 

1) Conheça os Níveis de Ruído 

Conhecer os níveis de ruído nas suas instalações, é essencial especialmente nas áreas em que outros perigos estão presentes. Se ainda não o fez (como parte de um programa de conservação auditiva), meça estes níveis com um decibelímetro e registre os resultados. Uma boa ideia é colocar um mapa de ruídos, indicando onde a proteção auricular e atenuação são necessários. Fazer os colaboradores usarem protetores auditivos nas áreas em que estes não são necessários ou fornecer protetores auditivos exagerados para o ruído é uma maneira certa de induzir à superproteção e colocar as pessoas em risco.  

 

 

 

 

 

 

Excesso de Atenuação também é Perigoso_Imagem 2 2) Selecione a Quantidade Correta de Atenuação

Selecione protetores auditivos que oferecem níveis corretos de proteção para seu ambiente. Selecione um produto que reduzirá a exposição dos seus colaboradores a um nível seguro, sem reduzir os níveis do ambiente muito abaixo de 85 dB.

Também, há um número de novos produtos no mercado que oferecem nível de atenuação uniforme. Estes produtos são desenvolvidos para bloquear ruídos nocivos, mas permitem que sinais de alarme e comunicações sejam ouvidos mais naturalmente.

Em outras situações — especialmente quando há ruído alto e intermitente é um problema — abafadores de gerenciamento de ruídos podem oferecer a solução. Estes produtos incluem microfones externos para amplificar o som do ambiente a um determinado nível, mas bloqueiam ruídos acima de 82 dB. Estes podem ser especialmente úteis para trabalhadores com deficiência auditiva existentes.

 

 

 Excesso de Atenuação também é Perigoso_Imagem 3

 

 3) Compreenda os Riscos

Assim como em qualquer programa de segurança, garanta que seus colaboradores compreendem os riscos. Já é suficientemente difícil fazer os trabalhadores compreenderem os riscos de ruídos nocivos, mas precisamos também fazê-los compreender que mais proteção nem sempre é melhor.

Estudos recentes demonstram que a melhor maneira de facilitar esta compreensão é através de treinamento individual. O treinamento em grupo é um bom lembrete dos princípios de conservação auditiva, mas sessões individuais — especialmente aquelas utilizando programas de teste de atenuação individual, com o VeriPRO da Howard Leight — são muito mais efetivos, para auxiliar os trabalhadores a obter bons resultados dos seus protetores auditivos e para evitar a superproteção.

Em vez de pensar no problema da superproteção como parte do seu programa de conservação auditiva, é preciso considerá-lo como um elemento do seu programa de prevenção de acidentes. Danos advindos da superexposição ao ruído normalmente se acumulam com o passar do tempo. Danos advindos da superproteção do ruído podem ocorrer num instante.

Colocar pôsteres motivacionais como os Termômetros de Ruído nas suas instalações pode auxiliar seus colaboradores a identificar ruídos perigosos. Estes pôsteres estão disponíveis gratuitamente no site da Honeywell: www.honeywellsafety.com/br.

A Honeywell recomenda que todos os usuários dos seus produtos passem por treinamento e que todas as advertências e instruções sejam lidas e compreendidas totalmente antes do uso. É necessário avaliar o perigo no ambiente de trabalho e selecionar o equipamento de proteção individual adequado ao perigo em particular que pode existir. No mínimo, uma avaliação de perigo completa e meticulosa deve ser realizada para identificar adequadamente o equipamento de proteção individual adequado a ser utilizado no ambiente de trabalho em particular.

 

 

Atenção

 

 

 

 

Para maiores informações entre em contato com a Honeywell através do 0800 8881114, pelo email:

HSPMarketing.br@honeywell.com ou visite o website www.honeywellsafety.com/br.

 

 

Para fazer o download do arquivo, clique aqui.

 

 

Back to your search

Honeywell Segurança Industrial

Avenida Tamboré, 267 – 17 andar, Barueri, SP

CEP: 06460-000

(11) 3711-6770 e (35) 3629-9000

Marketing.his@Honeywell.com